Justiça concede liberdade provisória para dentista presa por tráfico

A dentista Marina Stresser, presa em Curitiba por tráfico de drogas e armas, ganhou liberdade provisória no fim da tarde desta quinta-feira (16). O alvará foi concedido pela Justiça na quarta-feira (15), de acordo com a defesa.

A autorização veio depois um pedido de soltura protocolado na sexta-feira (10) pelo advogado Fernando Sobrinho, que trabalha para ela, conforme ele próprio a imprensa.

Mesmo com a libertação, o processo continua em trânsito na Justiça, diz Sobrinho. A dentista terá restrições ao deixar a prisão: usará tornozeleira eletrônica para monitorar seus passos e terá que se apresentar à polícia uma vez ao mês, por exemplo.

Relembre

Marina foi presa em 11 de novembro de 2014, na garagem do consultório dela, quando, em companhia de um homem, entregava uma espingarda semiautomática calibre 12 e uma pistola 9 milímetros municiada para uma mulher.

Depois, no consultório, a polícia encontrou 30 balas de fuzil. Já em outras duas casas da dentista, foram apreendidos uma submetralhadora 9 milímetros, uma garrucha calibre 22 e munição de vários calibres, além de 1, 3 quilo de crack, 15,5 quilos de maconha e duas balanças de precisão.

G1Pr