Mais um caso de lingüiça recheada com maconha em Paranaguá

Na manhã desta segunda-feira (04) um homem chegou a Delegacia da Polícia Civil, acompanhado por Policiais Militares, para registrar uma ocorrência no mínimo estranha – mas que em Paranaguá já é a segunda vez que acontece.

Uma moradora do Jardim Iguaçu foi a um supermercado da nossa cidade no último dia 30 e comprou quase dois quilos de linguiça, que assaria no feriado do “Dia do Trabalho” – porém o churrasco entre amigos e familiares só aconteceu ontem. Segundo ela, assim que seu marido colocou a linguiça para assar ele sentiu um cheiro estranho, e imediatamente tirou o petisco da churrasqueira. O homem resolveu cortar o produto, e para a sua surpresa percebeu dentro do embutido uma quantidade grande de um “material” parecido com maconha (na cor e no cheiro). Assustados, o casal resolveu guardar o produto e encaminhar hoje para a Polícia.

Assim como na outra situação parecida, registrada no mês de abril também em Paranaguá, a Polícia Civil recebeu o material e encaminhou para a Polícia Técnica, que realizará os exames necessários para identificar o que está no recheio dessas linguiças. O produto foi comprado no mesmo estabelecimento comercial que o anterior e é da mesma marca.

Um representante do supermercado foi até a Delegacia e disse que todo o lote anterior do produto foi retirado das prateleiras, e que foram cobrados esclarecimentos por parte do fabricante. O laudo oficial da perícia deve ficar pronto em 60 dias, e a primeira amostra que foi enviada para análise deve ficar pronta no começo do mês que vem.

 Fonte: Miro Ferraz News / Rádio Ilha do Mel Fm